sábado, 26 de julho de 2008

Pequeno passeio de 135Km's ao longo do Douro



Apesar do céu carregado às 8:30 da manhã de sábado, confiei nas informações metereológicas do Google e saí directo à A4 sem fato de chuva....

Os 40km's até à saída p/ o Marco de Canaveses foram devorados pela F800st de forma natural, apesar do mau piso dos últimos 10km's da A4.... se na GSXR sentia todas as milhares de irregularidades (piso em betão ao contrário do normal betuminoso, mais macio), as suspensões da F800st digerem o mau piso sem nos passar o desconforto deste troço...

Entretanto a chuva apareceu, em pequena quantidade, suficiente para molhar as botas, e um pouco das luvas.... tudo o resto permaneceu seco devido à proteccção aerodinâmica.

O trajecto que liga a A4 até Marco de Canaveses é fantástico, no entanto, o piso molhado condicionou esta ligação, pois dado ter sido a primeira chuvada desde algum tempo para cá é normal encontrar areias mesmo no meio das curvas e na saída destas.... atenção redobrada, e às 9:05 já esta na Zona Industrial do Marco.... até às 13Horas a F800st ficou pacientemente à espera para a desejada viagem de regresso junto ao Douro.

Como prometido, às 13:15 e já acompanhado de um sol fantástico, dirigi-me para a N221 em direcção Castelo de Paiva.

Apesar do piso ser excelente, a presença de areias e óleos, fez-me vir com mais atenção que o normal.
Os 86 km´s até ao porto são uma extensa sucessão de curvas e contracurvas, havendo apenas uma pequena recta de menos de 200m...


video

Se a isto juntarmos inclinações correctas do piso, ausência de trânsito enlatado e paisagens fantásticas proporcionadas pelo rio douro, podem imaginar porque que é que este trajecto é tão conhecido (N108).
Até entre os rios, a F800st raramente passou da 3ª mudança.
Foi exactamente antes de Entre Os Rios que me cruzei com 2 dt's 50 "pilotadas" por dois garotos que iam visivelmente no limite das suas máquinas.... sem capacete!

Passados 2 minutos, cruzo-me com uma scooter conduzida por um Cavalheiro, igualmente sem capacete... o que vem confirmar a teoria dos dois países dentro das nossas fronteiras... o das grandes cidades.... e o interior... em que as mentalidades ainda se equivalem ao tempo do meu avô!
O civismo é um dever de todos os cidadãos, e as regras básicas de segurança e respeito pelos outros devem ser levadas a sério... sendo este tipo de comportamentos condenáveis e principalmente a ser punidos de forma séria e exemplar!

Vontando ao trajecto, o Douro acompanhou-me até à ponte do Freixo, mas após passar Entre os Rios, já com uma quantidade de enlatados considerável, tirando assim algum gozo ao fantástico traçado.
Percurso Resumido:
Porto => A4 => Saída Marco Canaveses => entrada na estrada panorâmica directo ao Marco.
Zona industrial do Marco; N211 (Paredes de Viadores); N108 passando ao lado da barragem do Carrapatelo (bom local para uma paragem e fotos), Passagem ao lado da Barragem do torrão; Entre os rios; Passagem ao lado da barragem de Crestuma; Palácio do Freixo; Ponte do freixo, Porto

Para finalizar... deixo aqui uma foto do Magnífico e raro Porche 911GT3 RS que encontrei em Roma... Brutal!

Eficiência Energética de Edifícos

AbcBlogs

Site certificado
Voos baratos
voos baratos
voli low cost